A poesia de Manuel em um corpo de dança

a l i n e b e r n a r d i

InvestigaçãoBolsa parcial

ensaio da artista para o projeto "a poesia de Manuel num corpo de dança"

Datos del proyecto / dados do projeto

A artista Aline Bernardi está se graduando em dança na Faculdade Angel Vianna, e sua monografia é uma pesquisa das relações criativas entre o Corpo e a Palavra em processos artísticos.

Dentro dessa pesquisa, a artista está começando um novo projeto autoral, inspirado na obra do poeta Manoel de Barros. O projeto envolve criar uma série de 3 videodanças, inspirados em 3 livros do poeta, livros entre as décadas de 60 e 70: “Compêndio para Uso dos Passaros” , “Gramatica Expositiva do Chão” e “Matéria de Poesia”.

Para esta residência “Interacciones Urbano_Rural” a artista quer focar a pesquisa no livro “Matéria de Poesia”, fazendo um estudo corporal motivado pelas poesias e pelos espaços da Eco Vila Terra Una (ateliês, cachoeiras...) para perceber as influências de um lugar menos urbano e mais rural na criação de dança. A pesquisa será desenvolvida individualmente e também será proposta para os outros artistas da residência. Em alguns momentos, a artista trabalhará com registro de imagens.

A escolha por essa fase do poeta (décadas de 60 e 70) é devido ao foco de pesquisa corporal da artista, que desenvolverá esse estudo através da linguagem do Contato Improvisaçao, pensamento e prática de dança surgido na década de 70.

No final da residência a artista deseja escrever um artigo sobre a relação corpo e palavra em processos artísticos dentro de um ambiente rural. Para esse artigo, a artista utilizará seu processo individual e colherá informações com quem experienciar a proposta

Propuesta de taller o actividad con la comunidad / Proposta de oficina ou atividade para a comunidade

A artista vai propor uma oficina de criação inspirada em poesias do livro “Matéria de Poesia” de Manoel de Barros, através da linguagem do contato improvisação

A oficina será realizada em 2 dias: no primeiro dia será uma vivencia / aula de contato improvisação de 2h30 e o segundo dia será de 3h, na primeira hora com um aquecimento através da linguagem de contato improvisação e as outras 2h de experiência de criação a partir das poesias.

O primeiro dia será realizado numa sala ou um ateliê do espaço e o segundo dia o aquecimento será feito na sala e a parte de criação poderá ser desenvolvida em qualquer lugar da Eco Vila escolhido pelos participantes. No final, os experimentos da oficina serão apresentados e faremos uma grande roda de finalização com o compartilhamento da vivencia.

performance da artista "a i n d a sem nome"
"Bricolage" trabalho em circulação do Nucleo do Invisivel de Pesquisa Corpo
performance de contato autentico do grupo de performances "Jardim Humano" dir Guto Macedo

Sobre o artista

Bailarina, atriz, poetisa e professora de dança, com foco de pesquisa na “improvisação”. Formada pela Escola Técnica e Graduanda em Dança/Angel Vianna. Co-fundadora e interprete do DUAL e co-fundadora e idealizadora do coletivo Encontro Sutis – grupos fomentadores e pesquisadores de contato improvisação. Integrante do PAMA no Rio de Janeiro, coordenado por Soraya Jorge. Co-fundadora do DAM – Difusão de Arte em Movimento. Integrante/intérprete do NECC coordenado por Ana Bevilagua. Intérprete do Núcleo do Invisível de Pesquisa Corpo dirigido por Isabela Duvivier. Integrante do Nucleo de pesquisa “Corpo In Verso”, atualmente em montagem da performance “Há De Vir”.
Participou de trabalhos dirigidos por Ana Paula Bouzas ; Ana Kfouri – “Senhoras dos Afogados”; Renato Carrera; Cris Larin; Alberto Renault - “Opera Orfeu”, Antônio Araújo - adaptação de “BR3” para a Baia da Guanabara; Giselda Fernandes – “Global Water Dances”.
Entrevista no blog: http://www.cinemapossivelbrasil.blogspot.com/