RESIDÊNCIA ARTÍSTICA Terra UNA

Interações Florestais 2011

Movimentos Sonoros - Música Natural



De: Leandro César da Silva

Ação, MG

A Proposta

O potencial sonoro existente na natureza é fundamental para a criação da música, desde os sons das águas, do vento e dos pássaros à matéria prima para a construção dos instrumentos musicais tradicionais.

A proposta consiste em construir uma instalação sonora aproveitando o potencial sonoro do bambu e o movimento da água de um riacho, criando assim um ambiente propício à prática de música ao ar livre. O instrumento é uma roda de aproximadamente 1,5 metros de diâmetro que gira usando a força da água e transmite esse movimento circular para 20 pêndulos que vão percutir teclas de bambu, produzindo uma combinação de ritmos e melodias que unido à sonoridade do local produzirá sempre uma música serena e aleatória. Ressalto que quantidade de bambu a ser utilizada é pequena e reforço a preocupação em não alterar o ambiente onde que será construída a plástica sonora.

Durante a residência serão ministradas uma oficina de “Construção de instrumentos musicais com bambu” onde construiremos percussões e flautas e uma oficina de “Prática de música” no local de construção do instrumento.

Interação com o Ponto de Cultura

Sobre o artista

Músico, compositor e construtor de instrumentos.
Formado em Mecânica pelo CEFET-MG.
Estudou música no CEFAR – Palácio das Artes. Estudou violão e harmonia com Fábio Adour e fagote com Washington Vitalino. Participou de inúmeras oficinas ligadas à música com nomes como Zé Miguel Wisnick, Titane, Damián Kess (ARG) e Luca Forcucci (ITA).
Trabalha com grupo Diapasão como violonista, compositor e arranjador. Se apresentou em importantes palcos da música instrumental como a Festa da Música, Savassi Jazz Festival, SESC Instrumental e Premio BDMG Instrumental.
Com o grupo Urucum na Cara atua como violonista e diretor musical, trabalhando com canções autorais. Se apresentou em Festivais como o FIT2010, Festival de Inverno de Diamantina e destaque para a turnê pelo México em 2009.
Aliado a todos esses trabalhos tem realizado amplo trabalho de pesquisa e construção de instrumentos musicais experimentais. Muito influenciado por Walter Smetak, conta com mais de 20 instrumentos construídos em seu atelier, muitos deles orientados por Marco A. Guimarães do grupo UAKTI.
Atualmente trabalha com o grupo UAKTI na manutenção, restauração, montagem e afinação dos instrumentos em shows e na oficina.

Comentários

1. Filipe Fernandes da Costa Vaz
27/01/2011 09:51
Po Leandro,teu trabalho é demais!
Estive ano passado morando em Portugal e vi uns caras que talvez você conheça, ou pelo menos deve gostar de conhecer, segue o link.. http://www.youtube.com/watch?v=APxXzWxfjhw&feature=related
UM abraço e sorte pra ti.
2. marcone moreira
26/01/2011 22:28
valeu Leandro, muito linda tua proposta, to na tua torcida.
abç
3. Leonardo Motta Campos
20/01/2011 13:36
....é bom perceber. a musica...
..onde muitos não a percebem....
...
...excelente proposta...
...boa sorte...
..
..abraço..
..AoLeo...
4. Amanda Freitas
18/01/2011 21:20
Fantástico!
A música é a forma mais sincera de prece no mundo, para além de qualquer desvio, é vibração! Música orgânica ... transcendental!
Acho essencial.

Boa sorte!

Luz.
5. Marcela Antunes
18/01/2011 17:32
Olá Leandro,

meu trabalho também passeia pela sonoridade, será um prazer conviver com tantas possibilidades como você apresenta!

que beleza, gostei mto!!!

bjks grandes
sorte
6. Flávia Paiva
18/01/2011 14:16
quero viver essa música!
já é, já está!



aaaaa para os da Dança o UAKITI é escuta obrigatória! rsrsrssrsrs


parabéns.

se quizer e tiver me add no face
www.facebook.com/#!/profile.php?id=1157868973
7. Fernanda Zerbini
17/01/2011 20:20
vontade de conviver com seus instrumentos
8. Douglas Pego
17/01/2011 18:59
instrumentos muito bonitos.

Leandro! Seria possivel cnstruir intrumentos que imitassem alguns sons da natureza? como queda d'agua, balanço de folhas, vento, etc. Ja existe algo do tipo?

abraço
Pego
9. Angelo Luz
15/01/2011 13:25
Uau! A sua presença musical seria com certeza um privilégio para a Terra Una! Belo trabalho! Estou na torcida! Um abraço!
10. Mariana Soares Leme
14/01/2011 01:19
Considero essencial sua presença em Terra Una!
11. Ana Reis Nascimento
13/01/2011 16:57
ei leandro,
muito bonita a proposta.
sou casada (ou ajuntada? rsrs) com um luthier e acho muito encantador esse universo da construção musical.
acho q vc deve conhecer esse vídeo do hermeto, me veio olhando o seu projeto, a possibilidade de exploração dessas simplicidades(coisa q hermeto faz com maestria) e da musicalidade na natureza:
http://www.youtube.com/watch?v=06Qm-Z5OsHw

abraços,
12. Ana Elisa Carramaschi
12/01/2011 03:12
visualizei uma imagem linda no seu projeto... gosto muito da proposta. meus parabéns pelos instrumentos, quero fazer a oficina!!! (dedinhos cruzados)
beijo
13. Luís Felipe Branco Volpe
12/01/2011 01:33
Bem Legal!!
Música... Quântica... !!

Projeto Transcendido !
14. Cristina Amiran
11/01/2011 21:15
Caro Leandro,
Belo trabalho...
É fundamental a integração sonora e a poética do som como proposta para o Terra Una.
Adoraria integrar os movimentos sonoros no Com Viver Fotográfico.
Grande abraço e boa sorte,
Cristina Amiran
15. JABIRACA BIKE- PA
10/01/2011 15:48
fale leandro
curti muito seu trampo. admiro os que se dedicam a artesania do fazer artístico. na verdade são os mais instigantes. trabalhei um tempo com um coletivo chamado Bonde Andando (http://www.youtube.com/user/andrepian). nós utilizavamos materiais encontrados na rua para construir nossos instrumentos, é uma verdadeira magia.
acredito que será interessante interagir com você nessa residência, fazer alguns sons com a galera e leva-los além. penso também na possibilidade de criar um link com seu trabalho na construção da Jabiracabike, tipo criar um intrumento sonoro para intervenção itinerantes junto a comunidade nas proximidade do terra una.

vamos conversando..

um abraço
16. Thais de Almeida Prado
10/01/2011 15:08
Lindos os instrumentos...
fico imaginando as sonoridades, mas falta o acaso do espaço e o encontro com os instrumentos pra poder fazer com que minha imaginação posso escutar e assim navegar!

adoraria aprender a construir um percursivo e aprender a tirar som dele tb...
17. Aline Midori
09/01/2011 11:03
Realmente, Leandro, seu trabalho merece vários ângulos de percepção: quem ouve, curte uma dimensão, quem ouve e assiste se surpreende com outra.
Te conto que é um desafio para mim um mundo contemporâneo de tantas informações e de tantas intenções. A mudança do nome das faculdades, por exemplo, para artes Visuais, é que me parece necessitar de equilíbrio e afirmação dos outros sentidos.
E sua pesquisa, ao integrá-los, tem nosso parabéns!
Abraço
Midori
18. Marina Fraga
08/01/2011 19:56
Leandro, lindos instrumentos, fiquei curiosa para ouvir os sons! O vídeo é o protótipo da instalação proposta? que delicadeza...
Quando estive no Japão, um amigo residente gravou com um microfone de contato pequenos barulhinhos dentro do Bambu. Há muitos sons e imagens para este universo em mutação.
Espero te ver na serra!
beijos
19. Gilio Mialichi Neto de Oliveira
08/01/2011 18:43
Oi Leandro

Quanta proposta inscrita de qualidade...cada um com sua poética, objetivo e conhecimento adquirido durante a vida...

Aqui todos temos muito a oferecer e aprender também...e é por isso que estamos juntos nessa.

Aproveito para convidar aos que ainda não visitaram e apreciaram os projetos para fazê-lo. Vale muito a pena...pessoas novas, conhecidos, dúvidas, poéticas semelhantes,surpresas, emoções....diversidade!!!

Minha proposta inscrita é "Homocrisálida"... passem por lá e registrem suas impressões.

Também tenho um blog com imagens de outros trabalhos que contam um pouco da minha história artística. Se puderem visitem:

gilioarte.blogspot.com

Escrevam.......... gmialichi@hotmail.com

Até

Gilio Mialichi
20. Daniel Seda
08/01/2011 16:59
Muitas possibilidades nesse seu projeto, gostaria de ver isso funcionando. Votei em ti!

abs
21. Bruna Suelen
05/01/2011 22:37
massa o trabalho...
22. Cindy Quaglio
05/01/2011 13:02
gosto da idéia,
smetak sempre me instigou bastante,
gostaria de participar de uma experiência musical coletiva, natural, medidativa, terrauna parece um local muito propício.
boa sorte!
23. Khalil Charif
05/01/2011 08:36
Trazer a música em si já é uma coisa muito boa, partindo da terra, dos sons da natureza, então é ainda mais interessante.

Esses instrumentos são mesmo muito legais, tenho certeza que construir essas máquinas "de ouvir e tocar" deve despertar muitas idéias e sugerir possibilidades que trazem a poesia sonora de volta pra vida das pessoas...

Som na caixa!
Aumenta que isso aí é da nossa natureza!!! rss

abs
K
24. Juliana Gontijo
04/01/2011 23:02
oi leandro, seus instrumentos são mesmo incríveis. gostei muito da proposta. grande abraço!
25. rodrigo d'almeida
04/01/2011 10:17
Caro Leandro, de fato em culturas tribais (principalmente as tribos africanas), onde o ritual mascarado é uma maneira de comunicar, traduzir e proteger a comunidade, a música de xilofones, calimbas,tambores e outros instrumentos esta totalmente integrada ao mascarado como uma coisa só.

Obrigado pelo convite, sim eu gostaria de visitar sua oficina musical e o farei assim que tiver uma chance de ir a Belo Horizonte.
Um abraço.

26. Hernani Guimarães
02/01/2011 22:54
Muito interessante o projeto. Já fico bastante curioso pra ouvir os sons que vc vai extrair. É muito importante também dar vasão as idéias que vão surgir no lugar.
Boa Sorte
27. Gilio Mialichi Neto de Oliveira
02/01/2011 22:54
Oi Leandro,

Realmente a natureza promove inspiração pra música...ainda mais que seus instrumentos são experimentais/construídos com matéria prima oferecida pelo ambiente natural. Não tenho experiência com música, mas também quero aprender fazer algum instrumento desses.

Boa sorte...

Gilio Mialichi
28. rodrigo d'almeida
02/01/2011 21:12
Oi Leandro, maravilhosa proposta para o interações florestais. A floresta é a rainha dos sons e o seu trabalho na construção de uma instalação sonora no ambiente de Terra Una já é música em meus ouvidos.
Gosto de instrumentos percussivos(toco berimbau)
e até construo alguns instrumentos sonoros como pequenas calimbas de cabaça ou reco-recos de bambu (certamente bem mais humildes em qualidade e som dos que pude ver nas fotos da sua proposta). Espero poder encontra-lo em Terra Una e colaborar na construção da sua proposta. Se isso não acontecer gostaria de visita-lo quando for a Minas Gerais.
Um grande abraço sonoro no ritmo do coração tambor.
29. Aline Cristina da Silva
02/01/2011 19:47
Eu acredito no poder e força da natureza. E sei que com seu projeto podemos aprender a escuta-la mais... Parabens!!!

Um forte abraço e feliz 2011!!!
30. Tiago Folador Galter
02/01/2011 13:19
Que o som da mata esteje presente com você...
31. Flávia Paiva
01/01/2011 19:01
a música dialoga com o corpo!
já volto
32. Rosa Yazigi
01/01/2011 11:25
Que o universo regue paz e prosperidade em 2011 dentro de cada "SOL" que brilha ou que ainda há de iluminar. É preciso escutar o som do coração!
Um forte abraço!